Como vai, Forasteiro?!

Parece que você é novo por este pedaço. Se você quer se envolver, clique em algum destes botões!

Usuários nesta discussão

Origem do universo

1394042444568

Comentários

  • Sybok: Não existem evidencias físicas de um ser espiritual.

    Mas se o ser em questão foi o criador do universo, o que não faltam são evidências físicas. :D
  • Falando sério: Não consigo encontrar um pingo de sentido nesse papo de Deus e blá, blá blá religioso.
  • e oque faz sentido para voce ?
  • lepiso74 escreveu: »
    Falando sério: Não consigo encontrar um pingo de sentido nesse papo de Deus e blá, blá blá religioso.
    A existência não faz sentido mesmo.
    "O universo não pode ter surgido do nada porque o nada nunca existiu e o nada não pode criar nada"- Erivelton
  • syboksybok Membro
    edited outubro 2013 Vote Up0Vote Down
    CRIATURO escreveu: »
    Sybok

    para quem bate na porta um dia ela abre.
    defendo que o impossível é criar algo a partir do inexistente, mesmo apelando para o uso da imaginação, fiz este desafio e por enquanto ninguém conseguiu realizar essa proeza, talvez meu raciocínio esteja mesmo certo.
    Imaginação pura é inútil e acreditar e defender coisas com base em imaginação pura não leva a verdade.
    O fato é que não sabemos se coisas podem ou não surgir e serem destruídas, não sabemos se Deus "cria" ou "transforma", não sabemos nada, só imaginamos.
    Post edited by sybok on
    "O universo não pode ter surgido do nada porque o nada nunca existiu e o nada não pode criar nada"- Erivelton
  • Sybok

    e a criação não é fruto do pensamento ?
  • e a não existência faz algum sentido, se faz me mostre!
  • Fernando_SilvaFernando_Silva Administrador, Moderador
    CRIATURO escreveu: »
    e a não existência faz algum sentido, se faz me mostre!
    As coisas não precisam fazer sentido. Elas apenas são. Existem ou não existem. Ou existem por um breve tempo e desaparecem para sempre.
  • Criaturo: e oque faz sentido para voce ?

    A realidade que conhecemos.

    Sei que ainda temos muito o que aprender sobre o universo, origem da vida, evolução...

    Mas, esse papo criado por civilizações antigas para explicar o que até então não era explicado, não deveria existir atualmente.

    Quando eu disse "não faz sentido", eu quis dizer "não tem lógica, coerência".

  • faz sentido, o que desconhecemos não faz sentido ?
  • Fernando_Silva escreveu: »
    CRIATURO escreveu: »
    e a não existência faz algum sentido, se faz me mostre!
    As coisas não precisam fazer sentido. Elas apenas são. Existem ou não existem. Ou existem por um breve tempo e desaparecem para sempre.

    uma pedra não existe para outra pedra portanto, algo só pode existir para alguém assim,
    Existência só pode ser fruto de alguma consciência.
    Sem "nenhuma" consciência não ha existência.
  • Criaturo: faz sentido, o que desconhecemos não faz sentido ?

    Estou tentando dizer que a atribuição do que não conhecemos à(s) divindade(s) não deveria mais ser utilizada atualmente.

    Ou você é do tipo que pensa que trovões ocorrem quando papai-do-céu está bravo?

  • syboksybok Membro
    edited outubro 2013 Vote Up0Vote Down
    CRIATURO escreveu: »
    Sybok

    e a criação não é fruto do pensamento ?
    Não.
    Você pode imaginar toda sorte de coisas sem trazê-las a existência, assim como pode imaginar todo tipo de coisa que não corresponda com a realidade.

    A pressuposição de que a criação das coisas corresponda a um "desejo" de Deus é simplesmente uma crença infundada, talvez as coisas surjam por meio de um processo mecanizado que não envolva exatamente o "desejo" dele.
    Ele próprio se criou e decidiu como seria a existência de tudo e de si mesmo?
    O fato é, ninguém sabe.

    Quando especulamos sobre isso, imaginamos Deus na nossa cabeça como um ser limitado como nós, e raciocinamos tudo segundo como as coisas são para nós e no nosso ponto de vista, mas isso tudo para um Deus que é o "absoluto", certamente funciona de modo completamente diferente, pois lida com coisas que não compreendemos e que não entram em nossa cabeça.

    Se Deus sempre existiu e não foi "criado", ele também não "decidiu" como ele próprio "seria", ele simplesmente "é", e se isso o que ele "é" inclui um processo de constante movimento e "transformação" criativa, sendo essa transformação criativa sua própria natureza, pode simplesmente ser um processo automático, como o bater de um coração que realiza tal trabalho sem depender da nossa vontade.
    A criação pode ser uma característica impessoal de um Deus que é a própria existência, ao invés de algo fruto de desejo consciente.

    Nós não temos como entender o absoluto nem como funciona Deus, por tanto não temos como afirmar certas coisas a respeito dele.
    Não sabemos se ele cria, se ele transforma, nem se faz uma ou ambas as coisas de modo automático, ou por meio da vontade, ou ainda de outro modo desconhecido que nem passa pela nossa cabeça.
    CRIATURO escreveu: »
    e a não existência faz algum sentido, se faz me mostre!
    E a existência faz sentido?
    As coisas não "fazem" sentido, somos nós quem insistimos em querer dar sentido a elas.
    Post edited by sybok on
    "O universo não pode ter surgido do nada porque o nada nunca existiu e o nada não pode criar nada"- Erivelton
  • lepiso74 escreveu: »
    Criaturo: e oque faz sentido para voce ?

    A realidade que conhecemos.

    Sei que ainda temos muito o que aprender sobre o universo, origem da vida, evolução...

    Mas, esse papo criado por civilizações antigas para explicar o que até então não era explicado, não deveria existir atualmente.

    Quando eu disse "não faz sentido", eu quis dizer "não tem lógica, coerência".

    O problema é você foi muito genérico quando disse: "Falando sério: Não consigo encontrar um pingo de sentido nesse papo de Deus e blá, blá blá religioso. "

    Tentar atribuir coisas a Deus não faz sentido e qualquer tentativa de dizer o que ele pensa ou explicar a vida dizendo que Deus fez isso ou aquilo.
    Isso não significa que Deus em si não faça sentido ou não tenha "lógica".
    Fatos não precisam ser "lógicos" para serem existentes, eles só precisa existir e poder ter sua existência reconhecida por nós.
    "O universo não pode ter surgido do nada porque o nada nunca existiu e o nada não pode criar nada"- Erivelton
  • syboksybok Membro
    edited outubro 2013 Vote Up0Vote Down
    CRIATURO escreveu: »
    Fernando_Silva escreveu: »
    CRIATURO escreveu: »
    e a não existência faz algum sentido, se faz me mostre!
    As coisas não precisam fazer sentido. Elas apenas são. Existem ou não existem. Ou existem por um breve tempo e desaparecem para sempre.

    uma pedra não existe para outra pedra portanto, algo só pode existir para alguém assim,
    Existência só pode ser fruto de alguma consciência.
    Sem "nenhuma" consciência não ha existência.

    Isso é papo furado criaturo.
    Existência não pressupõe consciência, coisas existem sem que tenhamos consciência delas.
    Existe um universo inteiro de estrelas e planetas que ninguém nunca tomou consciência antes e descobrimos muitas delas todo dia quando olhamos por novos telescópios.

    O que você faz é um joguinho de palavras que termina numa colusão que te parece "lógica", mas que é falsa, pois você inverte a forma real como existência e consciência se ligam.

    Uma pedra não ter consciência da existência da outra pedra, não faz de nenhuma delas inexistente.
    Você está confundindo existência com consciência de existência, por elas estarem ligadas.
    A consciência depende da existência, mas o contrario não é verdade, a existência não depende da consciência.
    Post edited by sybok on
    "O universo não pode ter surgido do nada porque o nada nunca existiu e o nada não pode criar nada"- Erivelton
  • A consciência tenta dar algum sentido para as coisas existentes, quando há interação.
    O ateísmo é uma consequência em mim, não uma militância sistemática.
    '' O homem sábio molda a sí mesmo, os tolos só vivem para morrer.'' (O Messias de Duna - F.Herbert)
  • Fernando_SilvaFernando_Silva Administrador, Moderador
    CRIATURO escreveu: »
    uma pedra não existe para outra pedra portanto, algo só pode existir para alguém assim,
    Existência só pode ser fruto de alguma consciência.
    Sem "nenhuma" consciência não ha existência.
    O universo já existia bilhões de anos antes de surgir o planeta Terra. O planeta Terra existia bilhões de anos antes de surgir a humanidade. E vão continuar existindo depois que a humanidade desaparecer.
  • sybok escreveu: »

    O problema é você foi muito genérico quando disse: "Falando sério: Não consigo encontrar um pingo de sentido nesse papo de Deus e blá, blá blá religioso. "

    Tentar atribuir coisas a Deus não faz sentido e qualquer tentativa de dizer o que ele pensa ou explicar a vida dizendo que Deus fez isso ou aquilo.

    Nessa frase você "mata" todos os deuses, pois se eles existem* é porque as pessoas atribuíram algum feito ou característica a eles.

    *Existem na imaginação das pessoas.

    sybok escreveu: »

    Isso não significa que Deus em si não faça sentido ou não tenha "lógica".

    Fatos não precisam ser "lógicos" para serem existentes,eles só precisa existir e poder ter sua existência reconhecida por nós.

    Se são existentes e nós reconhecemos, então podemos estudar e descobrir seu "funcionamento". Estrelas, planetas, células, átomos...


    Chuva era considerado sobrenatural, mas estudamos os fenômenos e sabemos que para chover não depende da vontade de deus nenhum.

    Se alguém afirmar que para chover, basta que o mister M estale os dedos, essa pessoa terá que provar (até para os teístas) como isso acontece.

    No caso de deus(ses) as pessoas esquecem a lógica quando se trata do deus de sua religião.

    Fica muito, mas muito fácil mesmo, afirmar que deus(es) existe(m) sem precisar provar.

    Deus faz tanto sentido quanto o Superman e astrologia.
    sybok escreveu: »
    Isso não significa que Deus em si não faça sentido ou não tenha "lógica".

    Então, qual a explicação lógica para a existência de deus(ses)?


  • lepiso74 escreveu: »
    Criaturo: faz sentido, o que desconhecemos não faz sentido ?

    Estou tentando dizer que a atribuição do que não conhecemos à(s) divindade(s) não deveria mais ser utilizada atualmente.

    Ou você é do tipo que pensa que trovões ocorrem quando papai-do-céu está bravo?

    ateus pensam que o big ben seja um peido do deus acaso criando seres complexos e inteligentes eu penso que toda existência faça parte de Deus, portanto o inexistente seria o ateísmo contrario a Deus.
  • CRIATURO escreveu: »

    ateus pensam que o big ben .

    Big_ben_closeup.jpg

    O que tem a ver o relógio de Londres com Ateísmo?





    A procura da Verdade

    A verdade é a mentira nua/ somente se você perceber/ Aparecendo nos olhos de ninguém/ até que esterilizar/ Pare a guerrilha/ guerra para mantê-lo justo / Bro, mude a sua raiva para uma causa maior e inteligente / Você sabe que a aposta é alta e o estrelato está próximo / Aqueles que simpatizavam com você morrerão com o tempo / Não desperdice seu tempo em odiar as pessoas / Use o seu poder para fazer justiça a todos eles / Agora eu encaro / Eu seguro/ Alcanço a verdade da minha vida procurando aproveitar / Oh , deixe-me sair / Você pode me deixar sair / Você pode me libertar deste mundo de trevas interiores / Salve-me agora última batida da minha alma.
  • sybok escreveu: »
    CRIATURO escreveu: »
    Sybok

    e a criação não é fruto do pensamento ?
    Não.
    Você pode imaginar toda sorte de coisas sem trazê-las a existência, assim como pode imaginar todo tipo de coisa que não corresponda com a realidade.

    Vejo que voce não leu o texto recomendado, falando sobre o incriado
    Se não? Então vejamos, lanço este desafio:
    Fazendo uso da imaginação tente “criar” pelo menos uma forma que seja totalmente inexistente ou que ainda não faça parte de nenhuma forma da realidade Deus ja existente ou conhecida ?
    Se não conseguiu, isto prova que a percepção que forma a razão humana, nem mesmo fazendo uso das abstrações, não pode perceber, conceber ou criar uma não inexistência fora de Deus, assim neste caso Deus é toda realidade existente e o inexistente pregado pelo ateísmo não pode ser considerado nem ao menos como uma hipótese lógica valida.

    A pressuposição de que a criação das coisas corresponda a um "desejo" de Deus é simplesmente uma crença infundada, talvez as coisas surjam por meio de um processo mecanizado que não envolva exatamente o "desejo" dele.
    Ele próprio se criou e decidiu como seria a existência de tudo e de si mesmo?
    O fato é, ninguém sabe.

    Quando especulamos sobre isso, imaginamos Deus na nossa cabeça como um ser limitado como nós, e raciocinamos tudo segundo como as coisas são para nós e no nosso ponto de vista, mas isso tudo para um Deus que é o "absoluto", certamente funciona de modo completamente diferente, pois lida com coisas que não compreendemos e que não entram em nossa cabeça.

    bom procuramos um Pai que seja pelos menos um pouquinho parecido com nós, queira suas crenças ou não! somos movidos pelos desejos e são eles que formam nosso ser.
    Se Deus sempre existiu e não foi "criado", ele também não "decidiu" como ele próprio "seria", ele simplesmente "é", e se isso o que ele "é" inclui um processo de constante movimento e "transformação" criativa, sendo essa transformação criativa sua própria natureza, pode simplesmente ser um processo automático, como o bater de um coração que realiza tal trabalho sem depender da nossa vontade.
    A criação pode ser uma característica impessoal de um Deus que é a própria existência, ao invés de algo fruto de desejo consciente.

    me admira muito a sua tendencia em desistir de ser você mesmo, isso é pior do que faltar personalidade é desejar perde-la, idealizando-se uma maquina e ainda tentar transferir essa sua falta de personalidade a um deus totalmente mecânico.
    Nós não temos como entender o absoluto nem como funciona Deus, por tanto não temos como afirmar certas coisas a respeito dele.
    Não sabemos se ele cria, se ele transforma, nem se faz uma ou ambas as coisas de modo automático, ou por meio da vontade, ou ainda de outro modo desconhecido que nem passa pela nossa cabeça.

    pela minha passa, descobrimos Deus observando sua natureza e intuindo aquilo que ainda não vemos
    CRIATURO escreveu: »
    e a não existência faz algum sentido, se faz me mostre!
    E a existência faz sentido?
    As coisas não "fazem" sentido, somos nós quem insistimos em querer dar sentido a elas.

    As coisas só deixariam de fazer algum sentido, se passássemos a uma inexistência.
  • saco de quotes

  • e a criação não é fruto do pensamento ?
    Sybok
    Não.
    Você pode imaginar toda sorte de coisas sem trazê-las a existência, assim como pode imaginar todo tipo de coisa que não corresponda com a realidade.

    Vejo que voce não leu o texto recomendado, falando sobre o incriado
    Se não? Então vejamos, lanço este desafio:
    Fazendo uso da imaginação tente “criar” pelo menos uma forma que seja totalmente inexistente ou que ainda não faça parte de nenhuma forma da realidade Deus ja existente ou conhecida ?
    Se não conseguiu, isto prova que a percepção que forma a razão humana, nem mesmo fazendo uso das abstrações, não pode perceber, conceber ou criar uma não inexistência fora de Deus, assim neste caso Deus é toda realidade existente e o inexistente pregado pelo ateísmo não pode ser considerado nem ao menos como uma hipótese lógica valida.

    A pressuposição de que a criação das coisas corresponda a um "desejo" de Deus é simplesmente uma crença infundada, talvez as coisas surjam por meio de um processo mecanizado que não envolva exatamente o "desejo" dele.
    Ele próprio se criou e decidiu como seria a existência de tudo e de si mesmo?
    O fato é, ninguém sabe.
    Quando especulamos sobre isso, imaginamos Deus na nossa cabeça como um ser limitado como nós, e raciocinamos tudo segundo como as coisas são para nós e no nosso ponto de vista, mas isso tudo para um Deus que é o "absoluto", certamente funciona de modo completamente diferente, pois lida com coisas que não compreendemos e que não entram em nossa cabeça.

    bom procuramos um Pai que seja pelos menos um pouquinho parecido com nós, queira suas crenças ou não! somos movidos pelos desejos e são eles que formam nosso ser.
    Se Deus sempre existiu e não foi "criado", ele também não "decidiu" como ele próprio "seria", ele simplesmente "é", e se isso o que ele "é" inclui um processo de constante movimento e "transformação" criativa, sendo essa transformação criativa sua própria natureza, pode simplesmente ser um processo automático, como o bater de um coração que realiza tal trabalho sem depender da nossa vontade.
    A criação pode ser uma característica impessoal de um Deus que é a própria existência, ao invés de algo fruto de desejo consciente.

    me admira muito a sua tendencia em desistir de ser você mesmo, isso é pior do que faltar personalidade é desejar perde-la, idealizando-se uma maquina e ainda tentar transferir essa sua falta de personalidade a um deus totalmente mecânico.
    Nós não temos como entender o absoluto nem como funciona Deus, por tanto não temos como afirmar certas coisas a respeito dele.
    Não sabemos se ele cria, se ele transforma, nem se faz uma ou ambas as coisas de modo automático, ou por meio da vontade, ou ainda de outro modo desconhecido que nem passa pela nossa cabeça.

    pela minha passa, descobrimos Deus observando sua natureza e intuindo aquilo que ainda não vemos
    Criaturo e a não existência faz algum sentido, se faz me mostre!
    E a existência faz sentido?
    As coisas não "fazem" sentido, somos nós quem insistimos em querer dar sentido a elas.

    As coisas só deixariam de fazer algum sentido, se passássemos a uma inexistência.

  • sybok escreveu: »
    CRIATURO escreveu: »
    Fernando_Silva escreveu: »
    CRIATURO escreveu: »
    e a não existência faz algum sentido, se faz me mostre!
    As coisas não precisam fazer sentido. Elas apenas são. Existem ou não existem. Ou existem por um breve tempo e desaparecem para sempre.

    uma pedra não existe para outra pedra portanto, algo só pode existir para alguém assim,
    Existência só pode ser fruto de alguma consciência.
    Sem "nenhuma" consciência não ha existência.

    Isso é papo furado criaturo.
    Existência não pressupõe consciência, coisas existem sem que tenhamos consciência delas.
    Existe um universo inteiro de estrelas e planetas que ninguém nunca tomou consciência antes e descobrimos muitas delas todo dia quando olhamos por novos telescópios.

    O que você faz é um joguinho de palavras que termina numa colusão que te parece "lógica", mas que é falsa, pois você inverte a forma real como existência e consciência se ligam.

    Uma pedra não ter consciência da existência da outra pedra, não faz de nenhuma delas inexistente.
    Você está confundindo existência com consciência de existência, por elas estarem ligadas.
    A consciência depende da existência, mas o contrario não é verdade, a existência não depende da consciência.

    Você é uma "consciência" suspeita para poder afirmar sobre isso, melhor dizendo ainda é uma consciência existente.
    como voce pode afirmar que tais estrelas ja não existiam para outras consciências ? estou afirmando quando não houver nenhuma consciência não haverá nenhuma existência.
    se não houver pelo menos "uma" consciência da existência das pedras elas deixaram de existir.
    resumindo existimos na consciência Deus e nas suas derivadas.
    ou então me explique como algo pode existir para nenhuma consciência existente ?
    Toda existência é a consciência Deus e na sua essência não podemos diminuir nem acrescentar.
  • Percival

    O que tem a ver o relógio de Londres com Ateísmo?

    um produto intencional inteligente e complexo indica uma origem semelhante
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.